Plantão

Europa investirá €30 bi em inovação em três anos

Recursos para inovação

A Comissão Europeia anunciou que investirá €30 bilhões do programa de financiamento à pesquisa e inovação Horizonte 2020 nos próximos três anos.

O valor equivale a US$35 bilhões ou R$114 bilhões.

O objetivo do Programa de Trabalho para Pesquisa e Inovação 2018-2020 é apoiar principalmente pesquisas de grande impacto em temas considerados prioritários, tais como segurança, migração, clima, energia limpa e economia digital.

A Comissão Europeia também pretende direcionar o programa Horizonte 2020 mais para o apoio a inovações que levem a avanços importantes e à criação de novos mercados.

As pesquisas poderão ser conduzidas por pesquisadores europeus em colaboração com colegas de qualquer país. Pesquisadores, universidades, organizações de pesquisas e empresas em todo o mundo podem submeter propostas de financiamento a atividades de pesquisa e inovação.

Condução da inovação

Do investimento anunciado no programa, €2,7 bilhões serão destinados à criação do Conselho Europeu de Inovação, voltado ao apoio a inovadores, empreendedores, cientistas e pequenas empresas com ideias originais e ambiciosas.

"Inteligência artificial, genética, blockchain [tecnologia que visa a descentralização como medida de segurança]: a ciência está no cerne das inovações inovadoras mais promissoras da atualidade. A Europa é um líder mundial em ciência e tecnologia e vai desempenhar um papel importante na condução da inovação. A Comissão Europeia está fazendo um esforço concertado - incluindo a criação do Conselho Europeu de Inovação - para oferecer aos muitos inovadores da Europa um trampolim para se tornarem líderes mundiais", disse Carlos Moedas, comissário para Pesquisa, Ciência e Inovação da Comissão Europeia.

O Horizonte 2020 continuará apoiando pesquisa básica, destinando €2,9 bilhões anualmente em auxílios, e também investirá €2 bilhões no triênio 2018-2010 para promover iniciativas de ciência aberta, especialmente em sistemas livres e gratuitos voltados à publicação de artigos científicos. O investimento inclui o desenvolvimento de infraestrutura computacional, de transmissão de dados em alta velocidade e da European Open Science Cloud para armazenamento e compartilhamento de informações de pesquisas.

Em três anos desde que foi lançado, o Horizonte 2020 concedeu mais de 15 mil auxílios à pesquisa, em um investimento de €26,6 bilhões. As pesquisas financiadas incluem descobertas de exoplanetas, a comprovação do bóson de Higgs e trabalhos conduzidos por 19 ganhadores do Prêmio Nobel.





Outras notícias sobre:

Mais Temas