Nanotecnologia

Microscópio de código aberto acompanha atividade neural ao vivo

Microscópio de código aberto acompanha atividade neural ao vivo
Projeto (esquerda) e protótipo (direita) do microscópio de código livre. [Imagem: NeuBtracker/Divulgação]

Hardware livre

Uma equipe do Centro Helmholtz e da Universidade Técnica de Munique, na Alemanha, divulgou o projeto de código livre de um novo tipo de microscópio.

O NeuBtracker é um microscópio de software e hardware livres que consegue observar as atividades neuronais de pequenos peixes comumente usados em experimentos de neurociências sem perturbar o comportamento dos animais, o que permite obter resultados mais fiéis.

Segundo Panagiotis Symvoulidis e seus colegas, isto abre oportunidades totalmente novas de pesquisas porque torna possível observar o comportamento natural das cobaias e, simultaneamente, fotografar seus neurônios em ação e registrar a atividade do cérebro do animal.

Para isso, o microscópio é equipado com duas câmeras: uma filma o comportamento do animal, enquanto a outra permanece apontada automaticamente para a cabeça transparente do peixe, visualizando seu cérebro por meio de corantes fluorescentes.

"Nós agora podemos finalmente observar os efeitos de substâncias fisiologicamente ativas simultaneamente sobre o comportamento e sobre a atividade cerebral," disse Symvoulidis. "A expressão seletiva das proteínas fluorescentes nos permite detectar a atividade de neurônios individuais."

"Consequentemente, podemos ver exatamente quais áreas do cérebro ficam ativas durante comportamentos específicos," completou a professora Antonella Lauri.

Todas as instruções para a construção do microscópio, incluindo projeto e lista de componentes, podem ser obtidas no endereço http://neubtracker.org.

Bibliografia:

NeuBtracker - imaging neurobehavioral dynamics in freely behaving fish
Panagiotis Symvoulidis, Antonella Lauri, Anca Stefanoiu, Michele Cappetta, Steffen Schneider, Hongbo Jia, Anja Stelzl, Maximilian Koch, Carlos Cruz Perez, Ahne Myklatun, Sabine Renninger, Andriy Chmyrov, Tobias Lasser, Wolfgang Wurst, Vasilis Ntziachristos, Gil G Westmeyer
Nature Methods
DOI: 10.1038/nmeth.4459




Outras notícias sobre:

Mais Temas