Eletrônica

Microfone de grafeno supera microfones comerciais

Microfone de grafeno supera microfones comerciais
A membrana de grafeno foi colocada no suporte de um microfone comercial. [Imagem: Dejan Todorovi et al. - 10.1088/2053-1583/2/4/045013]

Membrana de grafeno

Apenas trocar a membrana principal de um microfone disponível comercialmente, colocando em seu lugar uma membrana de grafeno, resultou em um microfone 32 vezes mais sensível.

"Nós queríamos mostrar que o grafeno, embora seja um material relativamente novo, tem potencial para aplicações no mundo real," disse Marko Spasenovic, da Universidade de Belgrado, na Sérvia.

A membrana é formada por 60 camadas de grafeno sobrepostas, todas depositadas inicialmente sobre uma película de níquel por meio de uma técnica chamada deposição de vapor químico.

A seguir o substrato de níquel é removido, deixando apenas a membrana de grafeno.

Prova de conceito

Para melhorar a comparação e a aferição dos resultados, a membrana de grafeno foi colocada no suporte de um microfone comercial, gerando uma sensitividade 15 dB mais elevada do que o microfone original, cuja membrana é feita de níquel.

A equipe também simulou uma membrana com 300 camadas de grafeno de espessura, que mostrou potencial para detectar até a faixa dos ultrassons.

"Uma membrana de grafeno mais espessa teoricamente pode ser mais esticada, permitindo o desempenho na faixa ultrassônica, mas infelizmente ainda não conseguimos fabricá-la experimentalmente," disse Spasenovic.

A equipe, contudo, reconhece que o processo de fabricação da membrana de grafeno está longe de chegar ao nível industrial, o que torna essa "aplicação do mundo real" mais uma ótima prova de conceito obtida em laboratório.

Bibliografia:

Multilayer graphene condenser microphone
Dejan Todorovic, Aleksandar Matkovic, Marijana Milicevic, Djordje Jovanovic, Rados Gajic, Iva Salom, Marko Spasenovic
2D Materials
Vol.: 2, Number 4
DOI: 10.1088/2053-1583/2/4/045013




Outras notícias sobre:

Mais Temas