Informática

Chip quântico lido pelo celular mostra se produto é autêntico

Impressão digital quântica lida pelo celular mostra se produto é falso ou autêntico
Protótipo do chip de identificação quântica, que deverá chegar ao mercado em 2018. [Imagem: Yameng Cao et al./Lancaster University]

Impressão digital quântica

Se você acha que a internet das coisas só se faz com circuitos ultrassimplificados e que a tecnologia quântica é uma coisa extremamente complicada e futurística, é melhor prestar bastante atenção a esse chip.

Ele foi pensado para funcionar como uma etiqueta antifalsificação, que possa ser incorporada em produtos para atestar sua procedência e autenticidade.

A novidade é que ele faz isso usando uma tecnologia quântica, o que torna o próprio chip virtualmente imune a falsificações.

Yameng Cao e seus colegas da Universidade Lancaster, no Reino Unido, criaram um sistema de identificação baseado nas irregularidades em nível atômico encontradas na superfície de materiais monoatômicos, como o grafeno.

Em escala atômica, a física quântica amplifica essas irregularidades, possibilitando criar uma "impressão digital" do material que pode ser incorporada em dispositivos eletrônicos simples e em etiquetas ópticas - essencialmente uma impressão digital quântica.

Autêntico ou falso

A equipe demonstrou o funcionamento da técnica através de um aplicativo no celular que pode ler se um produto é autêntico ou falso usando a câmera do próprio celular.

A ideia é que, quando a tecnologia for adotada comercialmente, os próprios consumidores possam conferir rapidamente se um produto é autêntico ou falsificado: O aplicativo lê o número registrado na etiqueta e consulta a base de dados do fabricante para ver se aquele é um produto válido.

A equipe afirma pretender que o novo chip chegue ao mercado no início de 2018.

Bibliografia:

Optical identification using imperfections in 2D materials
Yameng Cao, Alexander J. Robson, Abdullah Alharbi, Jonathan Roberts, Christopher S. Woodhead, Yasir J. Noori, Ramón Bernardo-Gavito, Davood Shahrjerdi, Utz Roedig, Vladimir I. Falko, Robert J. Young
https://arxiv.org/abs/1706.07949




Outras notícias sobre:

Mais Temas