Nanotecnologia

Grafeno fica magnético

Grafeno fica magnético
O material usado para tornar o grafeno magnético é a granada de ítrio-ferro (YIG), um isolante magnético.[Imagem: Shi Lab/UC Riverside]

Grafeno magnético

O grafeno, que andava meio eclipsado pela molibdenita e seus primos de tungstênio, finalmente reapareceu com uma novidade digna de nota.

Zhiyong Wang e seus colegas da Universidade da Califórnia em Riverside descobriram um truque para fazer com que o grafeno se torne magnético.

O grafeno tem muitas propriedades interessantes, mas o magnetismo não é uma delas. Dá para tornar o grafeno magnético dopando-o com outros elementos, como o ferro, mas as impurezas interferem com suas propriedades elétricas e eletrônicas, que deixam de oferecer grandes vantagens.

Wang fez o grafeno tornar-se magnético colocando-o sobre uma camada de um "isolante magnético", um material que é isolante elétrico mas possui propriedades magnéticas.

Isso dá magnetismo ao grafeno sem interferir com suas propriedades tradicionais e dando-lhe novos "poderes".

Coleção de possibilidades

O material usado para tornar o grafeno magnético é a granada de ítrio-ferro (YIG), o mesmo material que foi utilizado para demonstrar a incrível levitação quântica.

"O grafeno magnético adquire novas propriedades eletrônicas, de forma que novos fenômenos quânticos podem emergir. Essas propriedades podem levar a novos componentes eletrônicos que sejam mais robustos e multifuncionais," disse o professor Jing Shi, coordenador da equipe.

Entre as possíveis aplicações do grafeno magnético estão células de memória e novos componentes spintrônicos, que armazenam dados usando o spin dos elétrons, em vez de sua carga.

Bibliografia:

Proximity-Induced Ferromagnetism in Graphene Revealed by the Anomalous Hall Effect
Zhiyong Wang, Chi Tang, Raymond Sachs, Yafis Barlas, Jing Shi
Physical Review Letters
Vol.: 114, 016603
DOI: 10.1103/PhysRevLett.114.016603




Outras notícias sobre:

Mais Temas